Por que é importante identificar perfis de aprendizagem


Por que é importante identificar perfis de aprendizagem?

A resposta é simples - porque somos diferentes, aprendemos de formas diferentes. Cada um tem seu próprio jeito natural de aprender coisas.

Na vida é assim, uns aprendem com o contato com os outros, trocando ideias, observando o passo a passo, assistindo um vídeo ou simplesmente lendo um livro.

Essa diversidade é maravilhosa. Permite que o mundo seja cada vez mais criativo e tenha lugar para todos.

Seria muito chato um mundo com pessoas iguais, perderíamos a chance de admirar coisas que não somos capazes de fazer ou não temos inclinação.

A sala de aula precisa privilegiar e valorizar esta diversidade também. Nem todos aprendem ouvindo ou copiando do quadro. Nem todos conseguem se concentrar naquele formato tradicional.

Minha primeira experiência com ensino híbrido personalizado me mostrou isso, e você pode ler o relato neste artigo Minha primeira experiência com ensino híbrido

Daquele dia em diante decidi que nunca mais "daria" aulas. Percebi que nem todos "recebem" aulas. Tem aqueles que precisam dialogar, os que precisam de espaço, liberdade e acessibilidade para pesquisar por conta própria. Tem os que precisam se organizar metodicamente por escrito, em tópicos, listas e marcações. Tem os que precisam vivenciar, construir, executar.

Parece difícil atender a toda essa demanda?

Pode ser, aparentemente...,

Mas na prática é muito melhor.

Imagine que em uma aula convencional o professor precisa ficar pedindo que o tempo todo o aluno autodidata seja ouvinte, que o experimental seja ouvinte. Isso cansa e tem pouco resultado.

O professor fica frustrado, o aluno fica frustrado e nada dá certo.

Além de gerar outros problemas como baixa auto estima, desânimo, desinteresse e pouca motivação.

Para aprender algo é imprescindível compreender o lugar daquele conhecimento na vida real. Mesmo que aquele aprendizado seja utilizado em um outro momento da vida, visualizar sua utilidade ajuda a vislumbrar o sentido do estudar.

Um caso assim aconteceu quando meu filho me questionou sobre o porquê de estudar sobre a guerra do Paraguai. "Não quero saber sobre a guerra do Paraguai", ele disse.

Realmente , para um menino de 15 anos pode não fazer muita diferença saber sobre a guerra do Paraguai. Mas o fato de se desdobrar para compreender o que aconteceu naquele período, analisar o contexto histórico, buscar conclusões e indícios do que levou àquela guerra desenvolve uma habilidade muito importante na vida: a habilidade de analisar fatos imparcialmente - habilidade que faz muita falta hoje em dia e isso se vê claramente em discussões raivosas e inúteis em redes sociais.

Ou seja, concluímos que o fato de estudar a tal guerra pode servir como ferramenta para desenvolver uma habilidade, além é claro de conhecer a própria história.

Trabalhar com perfis de aprendizagem requer uma descentralização da figura do professor. O professor tem ali uma função muito mais desafiadora e eficaz.

Imagine que o professor é um maestro regendo uma orquestra e cada aluno possui um instrumento musical. Cada um tem sua particularidade, seu som, sua forma de execução. Cada um executa a melodia alinhada ao instrumento que possui .

Esse instrumento pode ser comparado à sua mente, à forma como cada pessoa vê o mundo e interage com ele. A forma como cada um encontra seu melhor. Exigir igualdade aqui seria um tipo violência.

Trabalho muito nesse sentido com o Workshop Aprendizagem Criativa, identificando junto com os professores cada perfil de aprendizagem e como trabalhar com eles na sala de aula.

Na vida pessoal, tenho o desafio de trabalhar com meus filhos dentro do perfil de cada um reforçando seu valor e não deixando que a escola os faça pensar que não são inteligentes.

Talvez você também tenha esse desafio em casa ou  na escola. Ter ferramentas para lidar com cada uma dessas situações pode ser a melhor saída.

Quem não quer ter filhos e alunos conscientes de sua própria capacidade?

Não é um trabalho fácil, mas vale a pena.

Em breve estarei lançando o curso online também e assim alcançando pessoas de lugares mais distantes. Por enquanto, acompanhe as postagens aqui, vídeos e lives.

Espero ajudar você a encontrar caminhos para a educação do futuro!

Débora Aquino




http://www.deboraaquino.com.br/2017/05/workshop-aprendizagem-criativa.html
Clique na imagem para saber mais sobre o workshop




Comentários

  1. Débora ..Parabéns!! Não sou professora...mas sou mãe e amo participar da aprendizagem do meu filho...acredito muito nesta educação criativa, neste método híbrido de ensino...gostaria de acompanhar seu trabalho...mto obrigada!!
    Sucesso!!!
    Abço
    Juliana- Americana/SP

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário ;)