Professor com orgulho!


Existe professor de todo tipo, assim como todo profissional. Tem o bom, tem o médio e tem aquele que já se acomodou com seus "direitos adquiridos".

Mas quando você se depara com o profissionalismo, você fica tão impressionado que não quer mais saber do mediano. A coisa fica séria.

Sabe aquela frase de Theodore Roosevelt: "Faça o que puder , com o que tiver onde estiver"? - ela vale muito e se aplica totalmente aqui.

O bom professor vai em busca do próprio conhecimento. Não se conforma quando um aluno não aprende. Ele estuda, pesquisa, busca ajuda e não se dá por satisfeito até ter algum progresso. Cada turma é um aprendizado, cada ano que passa ele olha pra trás e percebe o quanto cresceu.

O bom professor não se diminui. Quando está em um lugar onde não é valorizado, dá logo um jeito de encontrar seu espaço em outro lugar.

Enquanto outros passam a vida reclamando, ele faz cursos, muda de escola e compreende que o problema não é com ele e que ele não vai salvar o mundo, mas pode fazer melhor em outro lugar.

Temos uma situação desfavorável ao professor hoje no Brasil. Políticas ruins, baixos salários e muita oferta de profissionais de todo tipo, o que dificulta muito. Realmente não é fácil.

Mas...tem escolas de todo tipo também. Se uma não te serve, não te valoriza, busque outra à sua altura.

Tenho satisfação em dizer que cuidei de meus filhos sozinha por 18 anos sendo professora em colégios particulares. Não sou a salvadora do mundo pra ficar agonizando em uma escola fraca achando que sou uma pessoa ruim se pensar em minha própria família.

Essa velha história que ser professor é algo sagrado, quase um sacerdócio nos deixou muito frágeis em relação a ambições profissionais. Penso que nos deixou passivos e vitimistas.

O que fiz foi procurar aqueles colégios que atendiam minhas necessidades e ambições e onde eu poderia desenvolver um bom trabalho como professora.

Poderia ter ficado parada em um colégio mais ou menos  e reclamando de tudo. Mas não nasci pra reclamar. Prefiro ir atrás dos meus sonhos. Hoje vejo o quanto cresci. 

Continuo aprendendo que só vence quem luta. E lutar não é só reclamar direitos, é evoluir, aprender, ir atrás de coisas melhores, acreditar no próprio potencial.

A formação acadêmica é praticamente a mesma para todos. Se diferencia quem investe e cresce.

Invista sempre em você. Os resultados virão com certeza.

Ultimamente tenho repensado bastante minha abordagem aqui no blog...

No início eu queria abraçar o mundo, tocar o coração de todos, mobilizar a todos. Às vezes sou meio sonhadora sim, mas logo coloco os pés no chão.

Nem todos querem crescer.

Coloquei um vídeo recentemente e se você quiser revê-lo vai entender o que estou falando.  A mudança da qual falo no vídeo se refere ao futuro, à tecnologia crescente , a estar conectado com o mundo, a não ficar pra trás. Eu mudo, todos os dias.


Um comentário me chamou muito a atenção e foi pontual. De que mudança eu estava falando?

Sempre compartilhei meus artigos em grupos diversos de educação. Comecei a perceber que a maioria era meio que "vergonha alheia" sabe...pura baixaria. Passei a selecionar melhor.

Hoje falo com vocês aqui. Acredito que se vocês compreendem meu recado é porque são os melhores. São professores com orgulho e vão vencer com certeza. Nós vamos!


Débora Aquino - Educação Criativa



Comentários