Empreendedorismo na escola


Empreender significa acreditar na capacidade pessoal. Pegar uma idéia e coloca-la em prática.
Não é uma tarefa fácil- requer perseverança, disciplina, foco e trabalho duro para alcançar o objetivo. Requer estudo , estratégia e pesquisa.

Qual seria um lugar ideal para desenvolver essas habilidades??

Se você pensou na escola, é isso mesmo! A escola é um ambiente coletivo onde desenvolver habilidades deve ser a palavra da vez. Entre essas habilidades, uma delas é a de empreender.

Já vi projetos bem interessantes nesse sentido, e outros até divertidos, mas não necessariamente efetivos no desenvolvimento dessa habilidade em questão.

No caso de uma criança, empreender não significa escolher uma profissão e se vestir com seus trajes característicos. É mais do que isso, é ter a oportunidade de desenvolver um PROJETO PESSOAL.

O projeto pessoal pode ser muito diferente de acordo com a idade e áreas de interesse; o que o deixa ainda mais interessante.

Para uma criança , o projeto pessoal pode ser desde construir um robô , pesquisar sobre personagens de animação, fazer roupas de boneca e muitas outras coisas interessantes que eles se sintam desafiados a desenvolver.

Em 2015 participei com um grupo de crianças no desenvolvimento de um projeto de mandalas de papel e fui surpreendida pelo resultado, além de ver o brilho nos olhos deles ao ver a parede decorada com seus trabalhos.





Um adolescente pode se interessar por RPG, edição de vídeos e outros... O professor precisa perceber que tudo isso deve ser aproveitado como aprendizado e se desprender da velha idéia de que a escola ainda é o lugar de receber conteúdos. 

Um projeto pessoal vai além do receber conteúdos, nele o conteúdo, o aprendizado e o crescimento são fatores essenciais e relevantes.

Para uma criança , ou adolescente, empreender significa investir em algo que ele acredite e usar sua energia para construir aprendizados significativos que contribuem diretamente no desenvolvimento de competências como: perseverança, força de vontade, resiliência e muitas outras que o acompanharão por toda a vida.

E você , professor?
Tem ajudado seus alunos a empreender?

Descubra qual é o projeto pessoal de cada um e seja aquele que impulsiona o conhecimento!
E lembre-se: " Não há saber mais ou saber menos, existem saberes diferentes"


instagram @deh_aquino_atelie