Design thinking na educação



Já falei em outro artigo deste blog sobre O que a educação formal pode aprender com as instituições independentes(cursos livres) . Um bom exemplo disso é como o DESIGN THINKING tem se mostrado uma metodologia
eficaz no desenvolvimento de empresas focadas em inovação.
Bons modelos existem para serem observados e gerar aprendizado. No mundo corporativo os problemas não podem ser ignorados, precisam ser encarados de frente e resolvidos com conhecimento e criatividade.
Na educação não pode ser diferente, o modelo atual notoriamente não está funcionando e as consequências, mais do que afetar o lucro de uma empresa, afetam vidas.
A metodologia DESIGN THINKING utiliza técnicas de inovação que incluem branistorming, prototipagem, storytelling e tem a vantagem de contar com a participação de todos os envolvidos na execução do projeto gerando co-responsabilidade e engajamento.
Se antes acreditava-se que idéias brilhantes só surgiam da mente de gênios, sabemos que  a maior parte das idéias inovadoras surgem da colaboração e a necessidade de se resolver um problema.
Os passos do processo de design thinking envolvem: Identificação ou descoberta do problema/ interpretação/ ideação/ experimentação/ evolução. 

Ninguém gosta de conviver com problemas, estamos sempre tentando otimizar na medida do possível o nosso dia-a-dia. O professor é um dos únicos profissionais que por conta de um sistema travado e disfuncional tem sido obrigado a conviver com eles, o que gera insatisfação, baixa auto-estima, stress e consequentemente problemas de saúde.
Um processo de design thinking reunindo toda a equipe para enfrentar de frente e corajosamente um problema pode ter ótimos resultados.
Pensar juntos ajuda a perceber dimensões de um tema que provavelmente seria subestimado com apenas um ponto de vista.
O design thinking é uma mentalidade centrada no ser humano, compreender suas necessidades e motivações e com empatia obter insights. É um processo colaborativo e otimista, onde a criatividade de todos gera mais criatividade.

Acompanhe mais sobre DESIGN THINKING NA EDUCAÇÃO nas próximas postagens do blog
see you ;)